A história do futsal

A história do futsal diz-nos em primeiro lugar que o futsal também é chamado de futebol de salão, pois é praticado indoors, e tal como o futebol de campo, é um desporto coletivo, mas tem as suas próprias peculiaridades.

É verdade que o futebol e o futsal são parecidos, mas cada desporto tem as suas próprias regras. E a grande diferença entre as duas são principalmente o número de jogadores e as dimensões do campo de jogo.

Esta modalidade é muito praticada no Brasil, fazendo mesmo parte de uma das principais atividades desportivas das aulas de educação física.

A história do futsal

A sua origem

O futsal surgiu nos anos 30, no Uruguai, mais propiamente na cidade de Montevideu, em 1933. E surgiu pelas mãos de um professor de educação física Juan Carlos Ceriani Gravier da ACM (Associação Cristão de Moços). Este professor batizou este jogo como Indoor-Foot-Ball.

A história do futsal no Brasil

Escusado será dizer que estando o Brasil tão perto do Uruguai, não demorou muito a que o futsal chegasse ao Brasil, coisa que aconteceu em 1935, onde passou a ser chamado de futebol de salão pois era praticado num “salão” ou numa quadra dentro de um edifício.

Aqui na altura cada equipa tinha 7 jogadores fazendo um total de 14, mas mais tarde, esse número foi reduzido devido a reformulações que o desporto sofreu, passando a haver um total de 10 jogadores.

Também no seu inicio, a bola de futsal era mais leve, o que fazia que fosse muito fácil que ela saísse da quadra a cada chute. Daí que depois das devidas observações, o seu peso foi sendo aumentado. Nos dias de hoje a bola de futsal é bem mais pesada que a de futebol, com uma circunferência entre os 62 e 64 centímetros e um peso que pode variar entre os 400 e os 440 gramas.

A história do fustsal mostra-nos que após a consolidaçãos das regras deste desporto nos finais da década de 50, ele rapidamente espalhou-se por todo o país. De tal modo, que em 1954 foi fundada a primeira federação de futsal no Brasil, a que foi dado o nome de “Federação Metropolitana de Futebol de Salão”, que hoje em dia tem o nome de “Federação de Futebol de Salão do Estado do Rio de Janeiro”.

Com o tempo vamos ver todos os estados a terem uma federação e uma equipa de futsal. A disseminação foi de tal ordem, que em 1971 foi fundada emSão Paulo a “Federação Internacional de Futebol de Salão” (Fifusa). Nesta altura estiveram presentes: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Peru e Portugal.

A Confederação Brasileira de Futsal (CBF) está filiada a FIFA e os campeonatos internacionais de futsal são organizados pela Associação Mundial de Futsal (AMF) que tem como sede a cidade de Assunção, no Paraguai.

Hoje em dia existem diversos campeonatos de futsal quer no Brasil quer no resto do mundo, tendo maior destaque a Copa Mundial de Futsal da FIFA e o Campeonato Mundial de Futebol de Salão da AMF.

A história do futsal diz-nos que o Brasil é quem tem uma das seleções mais fortes de futsal e que já chegou a ser campeã algumas vezes. No continente europeia, o destaque vai para a Itália, a Espanha e a Rússia.

Características do Futsal

A história do futsal conta-nos que o principal objetivo deste jogo, tal como no futebol é marcar golos. Quem marcar mais golos é quem ganha o jogo.

Este jogo é praticado numa quadra retangular, com uma medida entre 24 e 42 metros de comprimento, por 15 a 22 de largura, conforme a categoria.

Aqui o tempo regulamentar são 40 minutos, divididos em dois tempos de 20 minutos cada, com um intervalo de 10 minutos entre as duas partes.

No futsal temos vários movimentos que vão desde chutes na bola a passes de bolas, dribles, cabeceios, etc. E para se poder jogar este jogo, para além de cada equipa ter um treinador, também há dois árbitros: o principal e o auxiliar. Para contar o tempo de jogo temos o cronometrista.

Cada equipa tem 5 jogadores, sendo um deles o poleiro, que é o responsável por defender a entrada das bolas da equipa contrária. Para além do goleiro, existem os fixos que são os reponsáveis pela defesa e o atacante, que tem como objetivo único marcar golo na baliza adversária.

Aqui ao contrário do futebol não há limite para a substituição de jogadores e elas podem acontecer a qualquer altura do jogo.

A história do futsal

Regras do futsal

A história do futsal tem vindo desde o inicio a fazer algumas mudanças e evoluções a que se incluem as regras do jogo. Assim sendo aqui vão algumas dessas regras:

• Não se pode colocar a mão na bola. A única pessoa que o pode fazer é o goleiro que usa luvas para defender a marcação de golo da equipa adversária.
• Se um jogador fizer uma falta pode levar com cartão amarelo, que é uma advertência ou o cartão vermelho, que dá direito a expulsão. Aqui também é como no futebol, 3 amarelos = 1 vermelho.
• São consideradas faltas se um jogador encostar a mão na bola ou quando há desavenças entre jogadores e árbitros ou até mesmo violência, seja ela física ou verbal.
• As cobranças são feitas em até 4 segundos e devem ser cobradas com o pé.
Sabia que

• Em 2016, a Copa Mundial de Futsal da FIFA teve lugar na Colômbia e a seleção argentina tornou-se campeã ao derrotar, na final, a equipa russa 5 a 4.
• O próximo Mundial AMF de Futsal vai-se realizar na Argentina em 2019.
• A próxima Copa do Mundo de Futsal vai decorrer em 2020 (ainda sem país definido).

Ver também:

A história do futebol
A história do pólo aquático

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.